If I Had Eyes

If I had eyes in the back of my head, I would have told you that you looked good as I walked away.. The more of this or less of this or is there any difference. Or are we just holding onto the things we don’t have anymore?

Sometimes time doesn’t heal, no.. Not at all. Just stand still while we fall in or out of love again. I doubt I’m gonna win you back when you got eyes like that, it won’t let me in.. Always looking out.

Lot of people spend their time just floating, we were victims together but lonely. You got hungry eyes that just can’t look forward, can’t give them enough but we just can’t start over. Building with bent nails we’re falling but holding, I don’t wanna take up anymore of your time.

Pra dizer adeus

“Às vezes fico assim pensando: Essa distância é tão ruim.. Porque você não vem prá mim? Eu já fiquei tão mal sozinho, eu já tentei, eu quis chamar. Não dá prá imaginar quando é cedo ou tarde demais prá dizer adeus, prá dizer jamais.”

4:20

Intimidade. Palavra forte.. E significativa. Não quero ninguém entrando na minha intimidade. Tenho meu horário, meus momentos, minhas oscilações.. Meus segredos.

Segredos que, talvez, nunca revele pra ninguém. Nem pra mim mesma.. Talvez por medo de reprovações, quem sabe até aprovações, reações inesperadas ou.. Pelo simples fato de querê-los todos.. Pra mim.

“Para todo fim, um recomeço”

É loucura odiar todas as rosas porque uma te espetou. Entregar todos os teus sonhos porque um deles não se realizou, perder a fé em todas as orações porque em uma não foi atendido, desistir de todos os esforços porque um deles fracassou. É loucura condenar todas as amizades porque uma te traiu, descrer de todo amor porque um deles te foi infiel. É loucura jogar fora todas as chances de ser feliz porque uma tentativa não deu certo. Espero que na tua caminhada não cometas estas loucuras. Lembrando que sempre há uma outra chance, uma outra amizade, um outro amor, uma nova força. Para todo fim um recomeço! 

O Pequeno Príncipe